O SINDICATO DOS ÁRBITROS DE FUTEBOL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL – SAFERGS, vem a público REPUDIAR com veemência as covardes e desproporcionais agressões sofridas pelos árbitros – associados ao SAFERGS –, após a realização da partida disputada no dia 8 de março de 2020, válida pelo Campeonato da Divisão de Acesso 2020, envolvendo as equipes do G.E.BAGÉ X S.C. SÃO PAULO.

Os árbitros foram agredidos fisicamente e moralmente por um grupo aproximado de 20 pessoas, em sua maioria identificadas com a camisa do G.E. Bagé, que estavam em um estabelecimento comercial (bar), no lado oposto onde se encontrava o veículo que traria os árbitros a sua cidade de origem. No momento que o trio de arbitragem se preparava para entrar no carro foram literalmente atacados por esse grupo de torcedores vândalos, que agrediram a equipe com chutes, pontapés, socos, cusparadas e copos de cervejas;

Acrescenta-se também que o veículo sofreu inúmeros amassamentos na lataria provocados por chutes, pontapés e socos desferidos pelos torcedores da agremiação local. A equipe de árbitros relatou os lamentáveis acontecimentos junto à DP local, onde foi gerado o B.O. nº 2452/2020;

O Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado do Rio Grande do Sul – Safergs despreza e repudia veementemente tais agressões, esperando que os responsáveis sejam devidamente identificados e responsabilizados exemplarmente pelos ilícitos cometidos, tanto na área desportiva, cível e criminal.

Maicon Soes Zuge

Presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado do RS