Diante da pandemia do coronavírus, membros do Safergs se reuniram por videoconferência há poucos dias para discutir medidas que possam amenizar os impactos da crise a seus associados. Assim, algumas providências foram tomadas.

Na ocasião, ficou decidido que todos os associados do Safergs terão as mensalidades de março e abril isentas. Aqueles que já haviam acertado mensalidades futuras, ficarão com crédito para o mês subsequente. Além disso, ficou definido que o Safergs continuará pagando o seguro de vida dos sindicalizados.

Presidente do Safergs, Maicon Zuge comentou a atuação da entidade diante do cenário de instabilidade. “Estamos vivendo uma crise sanitária de proporções mundiais. Lideranças de todos os segmentos têm pela frente desafios para contornar este momento adverso. Conosco, não é diferente. Seguiremos estudando maneiras de ajudar nossos árbitros”, falou.

O Safergs continua em contatos permanentes com lideranças do futebol gaúcho para discutir outras ações a serem tomadas neste momento. A sede do Sindicato segue fechada, seguindo recomendações dos órgãos de saúde.