SAFERGS

Platini está preocupado com mercado inflacionado

A mudança de clube de Ronaldo irá, aliás, quebrar o recorde de valores movimentados por uma transferência. Até então, a contratação mais cara era a do francês Zinedine Zidane, por quem o Real pagou 78 milhões de euros, em 2001, quando estava na Juventus.

“Chama a minha atenção a sucessão quase diária de transferências incríveis em um momento em que o futebol europeu enfrenta perigos financeiros. Esta espiral traz de novo, e de forma aguda, a questão do fair play financeiro e do equilíbrio das nossas competições”, disse Platini.

Influenciado por uma política de contratar jogadores que atraiam holofotes, instituída por seu presidente, Florentino Pérez, o Real não é o único time que tem inflacionado o mercado. O Manchester City e o Chelsea, clubes que possuem magnatas como donos, também já fizeram propostas altas neste ano.

O primeiro negociou com Kaká em janeiro e teve sua oferta de 120 milhões de euros (cerca de R$ 326 milhões) rejeitada pelo jogador. O Chelsea também flertou com o brasileiro e, segundo a imprensa britânica, está disposto a pagar 45 milhões de libras (aproximadamente R$ 143 milhões) para tirar o atacante argentino Sergio Agüero do Atlético de Madrid.

Fonte: Folha Online

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>