SAFERGS

Árbitro interrompe jogo na Argentina após ouvir ameaças de morte da torcida

ameaca_

Torcedores do Huracán se irritam com pênalti não marcado contra Newell’s Old Boys, começaram a gritar que “vão matar”, e juiz paralisou partida até que cânticos nas arquibancadas parassem.

Uma cena insólita marcou a vitória por 1 a 0 do Newell’s Old Boys contra o Huracán no sábado, em Buenos Aires. O árbitro do jogo, Héctor Paletta, interrompeu a partida aos 33 minutos do primeiro tempo depois de ouvir gritos da torcida do Globo, mandante do confronto, de que iriam “matar o juiz”. A partida ficou paralisada por cerca de seis minutos e, depois de muita conversa entre os capitães e os torcedores, a bola voltou a rolar.
Tudo começou quando, aos 29 minutos, Paletta não marcou um pênalti para os donos da casa. O jovem meia Romero Gamarra invadiu a área pela direita, caiu após um carrinho do rival, mas o juiz nada deu. Os hinchas do Globo ficaram furiosos e começaram a gritar:
– Tomala vos, dámela a mí, vamos a matar un referí!!!

Fonte: GloboEsporte.com
Foto: Árbitro Héctor Paletta decide interromper jogo depois de ameaças da torcida do Huracán (Foto: Reprodução/El Intransigente.com)

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>