SAFERGS

Associação de árbitros protesta após agressões, e rodada do Mexicano deve ser suspensa

mexico

A bola não deve rolar neste fim de semana pelo Campeonato Mexicano. Na noite desta sexta-feira, a Associação Mexicana de Árbitros (AMA) anunciou que nenhum de seus filiados irá se apresentar para as partidas previstas para a décima rodada do Clausura – o que, na prática, paralisa o campeonato.

Veracuz e Puebla, partida que abriria a rodada nesta sexta-feira, foi suspensa depois de o árbitro Luis Enrique Santander não aparecer para comandar o duelo.

A AMA decidiu pelo protesto depois de pedir punições exemplares aos jogadores Enrique Triverio, do Toluca, e Pablo Aguilar, do América, por agredirem juízes em jogos da Copa do México.

O primeiro empurrou Miguel Ángel Flores na partida entre Toluca e Morelia. Flores acabou por expulsar três jogadores do Toluca em cerca de um minuto. Já o segundo deu uma cabeçada em Fernando Hernández Gómez no duelo do América contra o Tijuana.

Triverio foi suspenso por oito jogos (sete por tentativa de agressão e uma por insultos), enquanto Aguilar pegou dez partidas (oito por tentativa de agressão e duas por insultos).

A AMA, porém, não considerou que as punições foram exemplares o suficiente. “A Associação Mexicana de Árbitros não se fará presente na décima rodada da liga mexicana, lutando pelo respeito dentro do campo de jogo”, afirmou no Twitter.

Fonte: ESPN do Brasil

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>